Como fazer a instalação dos termopares

Para quem trabalha na indústria sabe que os termopares são equipamentos de medição térmica versáteis e essenciais na produção de muitas coisas. Neste artigo nós vamos ensinar como fazer a instalação de termopares de maneira simples e prática.

Usamos como base a instalação simples de termopares que pode ser feita em muitos equipamentos. Lembrando que este artigo trata de orientações gerais para garantir que os termopares estejam bem regulados.

De todo modo, caso a sua indústria necessite de uma instalação técnica, nós vamos propor uma solução ao final do artigo. 

Então, muito bem, vamos falar como fazer a instalação de termopares.


Fique confortável e aproveite a leitura.

Importante antes de fazer a instalação dos termopares

Nós temos que reforçar que a instalação dos termopares precisa ser adequada ao processo, ou seja, sem erros. Isso irá garantir a precisão das aferições, assim como a vida útil do equipamento.


Uma instalação correta facilita, inclusive, as manutenções posteriores.

Por isso, tome nota de todos os detalhes ao fazer a instalação dos termopares e garanta que a sua equipe siga todas as etapas com cuidado. 

Leia também: TERMOPAR – ONDE UTILIZAR?

Como dimensionar e posicionar a proteção

Então vamos lá.

Para iniciar, basta saber que o comprimento da proteção, e do termopar, precisa ser considerada de modo que acomode a junta de medição, localizado no centro do equipamento ou ambiente onde se deseja medir a temperatura.

A ver: 

  • Um comprimento recomendado é da ordem de 8 a 10 vezes o diâmetro da proteção, para minimizar o erro por condução – lembrando que a proteção é a haste do termopar, a qual é inserida no processo a ser medido.

Temos que lembrar que essa proteção deve estar limpa e livre de componentes sulfúricos, oleosos, entre outros. Também deve-se evitar componentes que possam causar oxidação.

Leia em seguida: CÂMERAS DE INFRAVERMELHO – OPTRIS

Como fazer a instalação do termopar

É recomendado a utilização de um cabeçote para que sejam feitas as junções e conexões entre o termopar e o cabo de extensão.

O cabeçote permite, também, facilidade para substituição do termopar caso seja preciso. Já que os cabos estão ligados diretamente no cabeçote, que funcionará como uma interface entre o termopar e o controlador.

A proteção (extensão da haste) precisa ser feita até a face externa do equipamento por cerca de 10 cm (100 mm), isso é feito para garantir que a temperatura do cabeçote seja igual ao ambiente externo do equipamento.

Nota: Vale lembrar que a temperatura dos equipamentos externos não devem exceder a faixa de utilização recomendada para os fios e cabos de extensão. É preciso ter rigor nesse cuidado, uma vez que o mau uso pode incorrer em medições incorretas e danificar o termopar.

Precisa de um auxílio técnico na instalação dos termopares?

Seguindo todas as recomendações acima você certamente será capaz de fazer a instalação do termopar nos equipamentos ou ambientes desejados.


Caso precise, nós disponibilizamos uma visita técnica, orientada para auxiliar a sua indústria em todos os processos referentes aos equipamentos de medição industrial.

Clique aqui e entre em contato.

Agradecemos a leitura e até a próxima! 

Gostou do Conteúdo? Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Play Video

Nova Linha de Controles e Indicadores

Logo abaixo nosso vídeo sobre Contemp C504 – Controlador de Processos.

Play Video

DÚVIDAS E ORÇAMENTOS

Contato

Estamos atualizando nossa biblioteca

A fim de melhorar as buscas pelos nossos padrões estamos atualizando a nossa biblioteca. Por enquanto, entre em contato conosco para solicitar o(s) padrão(ões) de laboratório que precisa.